Uma Noite de 12 Anos - Uma experiência sensorial!


Distribuído pela Vitrine Filmes, Uma Noite de 12 Anos, é uma produção argentina/espanhola/ uruguaia dirigida por Álvaro Brecherer.
O filme é mais que um drama baseado em fatos reais. 

É uma verdadeira experiência sensorial.

Trailer


Durante a Ditadura Militar no Uruguai, os jovens do Movimento Guerrilheiro Tupamaros, José Mujica (Antonio de La Torre- espanhol)- que seria eleito deputado e senador em 2010 e aos 75 anos de idade se tornaria um dos mais admirados presidentes do Uruguai - juntamente com seus companheiros do Movimento Mauricio Rosencof (Chino Darin- argentino)- futuro jornalista e escritor - e Eleutério Fernandez Huidoro (Alfonso Tort- uruguaio) conhecido como El Nato, ex Ministro da Defesa falecido em 2016, foram presos e levados como reféns (não eram presos comuns) e enfrentaram uma verdadeira jornada de sobrevivência.

Todos os seus direitos básicos como presos e seres humanos foram retirados e eles passaram por situações de extrema tortura física e psicológica e privações de toda ordem durante um período de 12 anos.


A ideia de noite eterna do título descreve perfeitamente o que foram estes 12 anos de trevas na vida dos protagonistas. Nem nos nossos piores pesadelos podemos imaginar do que um ser dito "humano" é capaz de fazer em nome de suas crenças políticas. Temos retratada no filme a pior face da Ditadura.

Uns poucos militares mostraram algum sentimento e empatia pelos prisioneiros, como no caso das cartas de amor escritas por Rosencof, chamado de Russo.

Ou no caso da  médica que conta uma tragédia pessoal e diz a Mujica que aguente, pois falta pouco".
Em uma das poucas vezes que sua mãe (e que exemplo de mãe forte!) conseguiu visitá-lo, levou para "Pepe" Mujica um penico de presente. Este pequeno objeto e alguns escritos ajudaram-no a manter a lucidez e a não enlouquecer diante de tantas atrocidades. A cena das flores plantadas no penico toca a quem conhece um pouco desta história. 


FICHA TÉCNICA
Título: Uma Noite de 12 AnosRoteiro e direção: Alvaro Brechner. Elenco: Antonio de La Torre, Chino Darín, Alfonso Tort, Soledad Villamil, Silvia Pérez Cruz, César Troncoso, Nidia Telles, Mirella Pascual. Direção de Produção: Joseán Gomez, Carolina Urbieta e Mariana Secco. Produção Delegada: Daniela Alvarado. Montagem: Irene Blecua e Nacho Ruiz Capillas. Músicao riginal: Federico Jusid. Música Adicional: Silvia Pérez Cruz. Diretor de Fotografia: Carlos Catalán. Diretor de Arte: Laura Musso. Gênero: Ficção.

Duração: 123 minutos. Produção: Tornasol / Alcaravan AIE. Distribuição: Vitrine Filmes. Apoiadores: ICAA, INCAA, IBERMEDIA e EURIMAGES.


E a trilha sonora é de arrancar lágrimas. Destaque para a versão de "Sound of Silence" que me emocionou!!

O roteiro perfeito nos leva a uma vivência sensorial como poucos conseguiram. Há momentos que você vai querer respirar para sair da "prisão" psicológica que a narrativa cria. Um filme extremamente envolvente. Somos parte da angustia, solidão, tristeza e dor daquelas pessoas. A forma como foi criado e o estilo das filmagens nos torna parte da ação e companheiros de sofrimento.

Duas horas de total imersão na história e ainda assim não senti que o filme seja cansativo.
Por mais que eu fale...só assistindo para saber como é bom!!

Realmente imperdível!
Hoje nos Cinemas

Por
Helen Nice

Escrito por staff

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)