Distribuição: Paris Filmes

Varda Por Agnès




Uma aula de cinema. É uma forma de resumir as quase duas horas de Varda por Agnès, o último filme da cineasta que partiu em março deste ano e deixou seu legado na história da sétima arte. Até mesmo quem nunca teve a oportunidade de ver um filme de Agnès, conhecida por ser precursora do movimento Nouvelle Vague, deve ficar deslumbrado com toda a história e o cuidado da diretora ao contar as aventuras que viveu em sua carreira.

Agnès, em seus 90 anos, relembra os bastidores de documentários, longa-metragens, exposições e outras manifestações artísticas de sua autoria em frente a um público. É impressionante vê-la na tela grande ainda tão cheia de energia e motivação pelo que faz, além do carinho que trata cada obra sua. Não exita em nos contar três palavras que a guiam na hora de realizar um filme: inspiração, criação e compartilhamento. São princípios que ficam claros em todos os trabalhos revisitados pela cineasta.
O documentário (ou seria uma master class?) relembra, na visão da cineasta, seus trabalhos dos mais icônicos aos menos conhecidos de sua carreira. Os que deram boa bilheteria, os que tiveram grandes atores Hollywood, mas acabaram sendo um fracasso de público, a forma como mesmo em ficções gostava de adicionar detalhes documentais. Sem uma linha cronológica certa, pulamos de obra em obra e descobrimos o que a levou a realizar certas películas – como os que surgiram de sua própria vivência, desde a morte do seu gato a infância do marido adoecido.

Fica claro que Agnès podia se aventurar em qualquer gênero de filme que se tornaria uma obra-prima pela forma que botava sua visão neles. Ela não tinha medo de arriscar e tinha admiração pelas coisas mais simples, tornando únicas cenas do cotidiano como um padeiro riscando um pão prestes a ir para o forno ou um funcionário atendendo um cliente. Os movimentos das câmeras, a relação com os atores, a edição – tudo isso é cuidadosamente mostrado no documentário gravado para tevê.

Cineasta talentosa, feminista, e visionária, Agnès via potencial na simplicidade e um toque seu agregava muito valor. Nesse filme colorido, descontraído e totalmente inspirador podemos sentir sua autenticidade, energia e amor pelo cinema.
Trailer

Ficha Técnica
Título Original e ano: Varda by Agnès, 2019. Direção e roteiro: Agnès Varda. Elenco: Agnès Varda. Gênero: Documentário. País: França. Fotografia: François Décréau, Claire Duguet, Julia Fabry. Edição: Agnès Varda, Nicolas Longinotti. Direção de arte: Julia Fabry. Música: David Chaulier, Alan Savary. Produção: Rosalie Varda. Distribuição: IMOVISION. Duração: 115 minutos. Classificação: A Definir

HOJE NOS CINEMAS

Escrito por Isabela Gadelha

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)