Potiche - Esposa Troféu | Assista no Globoplay |


Uma verdadeira joia do cinema francês, como muitas das produções distribuídas no Brasil pela IMOVISION, está escondida e disponível para se assistir lá no Globoplay.

Potiche, o título do filme, simboliza o mesmo que 'pequeno vaso de porcelana' e é usado como elemento de decoração. Bem, a trama, é inspirada em uma peça teatral de Pierre Barillet e Jean-Pierre Grédy, e já contou com uma versão anterior exibida na tv francesa no ano de 1983. Nesta releitura de 2010, a comédia de costume do diretor François Ozon traz a deslumbrante Catherine Deneuve, em um momento excelente, junto a Gérard Depardieu, Fabrice Luchini, Karin Viard, Jérémie Renier, Judith Grodrèche e muitos outros.

Com humor ácido e bem forçado, chegando às beiras do pastelão, somos apresentados já nas primeiras cenas a Suzanne Pujol (Deneuve), impecável, que no ano de 1977 representa a típica 'esposa troféu' que todo marido gostaria de ter na sua estante. Submissa, bem arrumada até para uma corridinha no parque, totalmente do lar  e seguindo todas as tradições da boa mulher francesa. Ela arrasta um casamento de 30 anos com Robert Pujol (Luchini), sortudo que com o matrimônio abocanhou como dote uma fábrica de guarda chuvas, herança do pai de Suzanne. 

Trailer

Ficha Técnica

Título original e ano: Potiche, 2010. Direção: François Ozon. Roteiro: François Ozon adaptado da peça de Pierre Barillet e Jean-Pierre Grédy. Elenco: Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Fabrice Luchini, Karin Viard, Jérémie Renier, Judith Grodrèche. Nacionalidade: França. Gênero: Comédia, romance. Trilha Sonora Original: Philippe Rombi. Fotografia: Yorick Le Saux. Edição: Laure Gardette. Figurino: Pascaline Chavanne. Distribuição: IMOVISION. 

Robert administra a fábrica com mãos de ferro e como típico patrão tirano não dá voz a seus empregados e estes começam a reivindicar seus direitos trabalhistas. O homem também age assim com os filhos. Laurent (Renier), um estudante pacifista, que leva uma vida boa, porém não pode agir de acordo com suas vontades e gostos. Joëlle (Grodhèche), a filha submissa, é mãe de dois filhos, e infeliz no casamento, mas reproduz o cenário matrimonial que aprendeu com os pais. 

Refletindo os anos 70,vê se que a mulher não tinha voz ativa e era propriedade do pai e marido,aliás,a esposa cabia apenas os cuidados diários com o lar e os filhos, os programas femininos à tarde na tevê, sem se sequer poder se envolver nos negócios da família. Mas este cenário está prestes a se transformar.


Pujol - '' Quem é o chefe aqui?''
Suzanne- ''Eu''.

Após uma greve dos funcionários e um mal súbito que afasta Robert da empresa, Suzanne é obrigada a assumir a presidência e negociar com seus subordinados. A cena da negociação é impagável. Surpreendendo a todos e a si própria, a esposa troféu descobre seu espírito de liderança, toma a frente dos negócios gostando do que faz. E assume a posição de forma eficaz, se mostrando aberta ao diálogo, as negociações e a inovações no design dos guarda chuvas. Também dá chance aos filhos de mostrarem suas habilidades. Suzanne mostra que mulheres podem e sabem liderar e ganha o apoio e confiança de todos. Contudo, não demora e o marido retorna aotrabalho, o que torna o desenrolar da história ainda mais interessante e engraçada. 


De maneira leve e sutil essa comédia nos traz um panorama muito leal da luta e ascensão da mulher à cargos antes apenas ocupados por homens. A secretária e amante de Robert, Nadège (Viard) aprende com Suzanne a descobrir seu valor e se vira sua aliada. O político e sindicalista Maurice Babin (Depardieu), antigo amor de Suzanne, traz o lado masculino aceitando essa igualdade nos negócios e nos relacionamentos.

Por fim, vamos perceber que por trás da mulher submissa já havia uma pontinha de rebeldia que precisava apenas de uma oportunidade para mostrar a que veio. Os pontos altos do longa se apresentam na dança de Suzanne e Babin, no antes proibido Badaboun, e também na canção final "C'est beau la vie", interpretada por Deneuve.

Realmente, temos aqui aquela comédia descompromissada que traz mil mensagens e rende muita reflexão. Sim, você poderá se surpreender!


Assista no Globoplay (clique aqui).
Visite também a LOJA da distribuidora IMOVISION  em ''https://loja.imovision.com.br/'' e conheça títulos incríveis da distribuidora!

Escrito por Helen Nice

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)