Noite Passada em Soho, de Edgar Wright


O longa dirigido por Edgar Wright, a mente por trás de filmes como Scott Pilgrim Contra o Mundo, é o responsável por ambientar o espectador na Londres da década de 60. Na trama, a jovem Eloise (Thomasin McKenzie) que é dotada de habilidades paranormais e sempre foi apaixonada por moda e pelo estilo de vida dos anos passados, deixa a sua casa no interior da Inglaterra para estudar moda na capital inglesa. Mas chegando a universidade acaba se sentindo deslocada no alojamento por não estar familiarizada com o estilo de vida “festeiro” dos jovens da sua idade, assim decidindo alugar um quarto na casa da Sra. Collins (Diana Rigg).

Após alguns dramas ela consegue se mudar, e, em sua primeira noite em seu novo “lar”, descobre que quando adormece ela incorpora as memórias e vivências de Sandie (Anya Taylor-Joy), uma jovem donzela que ganhava a vida sendo a estrela de um espetáculo musical nos anos 60. A princípio suas aventuras noturnas eram experiências magníficas, chegando a um ponto em que Eloise deixasse de fazer certas obrigações para passar mais tempo no passado, vivendo a vida de Sandie e esquecendo da própria.

Mas ela acaba ficando sem controle do que acontece à sua volta e todo esse ambiente que antes era um deleite aos olhos se torna um pesadelo quando Eloise passa a vivenciar os traumas e abusos que a pobre Sandie sofreu ao longo de sua vida. Tudo se torna tão caótico que a garota passa a perder o controle e alucinar mesmo quando está acordada.

O que torna Noite Passada em Soho um ótimo filme é a forma fantástica com a qual Wright mescla generos distintos como drama, terror, suspense, e insere até mesmo um pouco de ficção científica, pois ao que se recorda o formato realizado foi pouco visto em hollywood.

Trailer


Ficha Técnica

Título original e ano: Last Night In Soho, 2021. Direção: Edgar Wright. Roteiro: Edgar Wright e Krysty Wilson-Cairns - argumento original de Edgar Wright. Elenco: Thomasin Mackenzie, Annya Taylor-Joy, Matt Smith, Diana Rigg, Margaret Nolan, Aimee Cassettari, Michael Ajao, Terence Stamp, Oliver Phelps, James Phelps, Rebecca Harrod, Kassius Nelson, Jessie Mei Li, Synnove Karlsen e Rita Tushingham. Gênero: Suspense, drama, terror. Nacionalidade: Reino Unido e EUA. Trilha Sonora Original: Steven Price. Fotografia: Chung-hoon Chung. Edição: Paul Machliss. Figurino: Odile Dicks-Mireaux. Direção de arteVictoria Allwood , Tim Blake, Emily Norris, Oli van der Vijver. Distribuição: Universal Pictures Brasil. Duração: 01h56min.

E quando falamos de atuação claramente temos nomes como Matt Smith, que interpreta um mal caráter e é também o interesse amoroso de Sandie,  Diana Rigg, ex-bond girl e que aqui aparece como uma senhora solitária. Mas inegavelmente Thomasin McKenzie e Anya Taylor-Joy carregam o filme sem a menor dificuldade, elas tem o poder de nos conectar ainda mais a essa história e a este universo intrigante. A cena em que se “conhecem” é sem dúvidas uma das melhores momentos do longa.

Cenários, ambientes e a fotografia aqui transmitem a beleza e a cultura que aqueles que vivenciaram a década de 60 conhecem e tanto as cenas como as músicas  são também extremamente adequadas.

Não perca esta super estreia!

HOJE NOS CINEMAS!

Escrito por Léo Souza

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)