Distribuição: Paris Filmes

Los Silencios (2019)


A coprodução entre Brasil, Colômbia e França, “Los Silencios”, traz o retorno da diretora brasileira, Beatriz Seigner, após ter rodado a primeira coprodução Índia-Brasil “Bollywood Dream”, em 2010.  O drama é uma crítica as guerras civis que ocorrem nas fronteiras entre os países sul-americanos, porém mesmo com um tema tangível e hodierno, a visão da diretora recorre à poesia para gerar uma consciência social.

A trajetória se inicia com a chegada de Amparo (Marleyda Souto) e seus dois filhos na Ilha da Fantasia, um pequeno território situado na fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Recém-chegada, a mulher havia fugido de sua antiga existência para sobreviver, em razão de fundados temores de perseguição. Com o marido guerrilheiro (Henrique Diaz) desaparecido, assim como a filha mais velha, o que lhe resta é reedificar sua família em um novo lugar. Ali, eles tentarão conviver e lidar com seus fantasmas.

Trailer


Como espectador, somos direcionados para uma narrativa sobre a jornada de um refugiado. A crítica presente nos orienta a entender melhor o cerne do tema discutido.  Assimilando que os refugiados são aqueles que mudam por necessidade, urgência. Sem a possibilidade de retorno de onde vieram, e, para onde vão, encontram a negativa. A aparente impressão que ninguém quer recebê-los.  

O debate em Los Silencios não ocorre somente a partir do que é visto em tela, mas muito daquilo que imaginamos saber precocemente. Levantando questões. Pois devemos asseverar o literal ou aquilo que nos orienta por alcance de sentimentos?


O aspecto na história, que é um dos mais exitosos, se trata da passagem sonora. Compondo um universo rico em captação de som, criando gatilhos e facilitando a imergência no âmbito. Além de uma fotografia realista que consegue evocar uma forte carga emocional.

O projeto é um compromisso com o espectador, que carece de acreditar em fatos que são somente mencionados. Conflitos sendo reduzidos em diálogos. Uma experiência detalhada, mas sem imersão. Ainda assim, a mensagem é transcorrida e o filme finaliza em seu momento de potência. A verdade, como conhecemos, deixa de existir e a grande sacada para a compreensão seria a transmutação dos problemas e suas conflagrações citadas. É preciso saber ver, é preciso encontrar, mas antes de tudo é preciso escutar.


Ficha Técnica

Título original e ano:Los Silencios, 2019. Roteiro e Direção: Beatriz Seigner. Elenco: Marleyda Soto, Enrique Diaz, María Paula Tabares Peña, Adolfo Savinvino, Astrid Fernanda López Martínez, Doña Albina, Yerson Castellanos, Heider Sanchez, Leidy Prieto Echeverry, Alida Pandurro, José Manuel Ortega. Gênero: Drama. Nacionalidade: Brasil, Colômbia e França. Montagem: Renata Maria. Técnico de Som: Gustavo Nascimento. Direção de Fotografia: Sofia Oggioni. Direção de Arte: Marcela Gómez. Figurino: Ana María Acosta. Maquiagem: Mari Figueiredo. Produção: Beatriz Seigner, Leonardo Mecchi, Thierry Lenouvel, Daniel Garcia. Produção Executiva: Leonardo Mecchi. Direção de Produção: Sidney Medina, Maria Fernanda Henao. Still/Making Of: Juliana Vasconcelos.  Empresas produtoras: Miríade Filmes, Enquadramento Produções, Ciné-Sud Promotion, DíaFragma Fábrica de Películas. Coprodução: Canal Brasil. Distribuidora: Descoloniza Filmes e Vitrine Filmes. Duração: 01h29.

11 de abril nos cinemas

Escrito por Andrei Morais

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)