A Última Loucura De Claire Darling


É um lindo dia de verão. O primeiro dia em Verderonne, uma pequena aldeia na região do Rio Oise. E para Claire Darling talvez seja o último dia de vida. Ou pelo menos é o que ela acredita!

Adaptado do livro "Faith Bass Darling's Last Garage Sale" temos o filme "A Última Loucura de Claire Darling" (La derniére folie de Claire Darling) dirigido por Julie Bertucelli com Catherine Deneuve, Chiara Mastroianni, Samir Guesmi, Alice Taglioni, Laure Calamy, Oliver Rabourdin e Johan Leysen no elenco.

O filme apresenta muitos temas, tais como o complexo relacionamento entre mãe e filha (elas não se falam há vinte anos), os fantasmas dos mortos que assombram o presente, as memórias contidas nos objetos e móveis, os segredos, as mentiras e as palavras não ditas nas famílias, relacionamentos distorcidos, lembranças que sufocam e aprisionam, a morte iminente, os esquecimentos que entristecem, mas também libertam. Tudo isto está contido em um espaço de tempo limitado - um dia - o último dia de vida de Claire (Deneuve).


Trailer

Ela acorda, se arruma e decide fazer uma grande venda de garagem e se livrar dos inúmeros objetos que acumulou durante a vida. Decide esvaziar a casa e se livrar de tudo sem distinção, tudo aquilo que representou sua vida trágica e extravagante. Uma última loucura!

Catarse tanto para a protagonista como para a própria atriz, Catherine Deneuve. Além do que um sintoma que atinge a direção de Julie, que é também a responsável pelo roteiro, e cai nos incentivos maduros do produtor Yaël Forgiel.



Os psicólogos dizem que colecionar objetos é uma forma de banir a morte. Então decidir vender os objetos é um ato ousado de Claire e ela diz ao padre que aqueles objetos a ajudaram a superar as provações da vida. ceitar. Logo, aceitar que estes objetos sobreviverão a ela tendo outra vida e donos é uma forma que a personagem encontro de lidar o próprio falecimento.

Ao vender tudo por um preço simbólico Claire se liberta, não deixando  nada para a família. Martine (Calame), uma amiga de infância da filha de Claire, Marie (Mastroianni) ao ter conhecimento da venda alerta a amiga que se vê obrigada a voltar para intervir.

Vinte anos de afastamento, pois Claire nem sempre foi gentil e atenciosa com as pessoas, especialmente, com a filha.



A pelicula não segue uma linha temporal apesar da trama toda se desenrolar em vinte e quatro horas. Um fio único liga uma estrutura confusa e desordenada como as próprias lembranças e ausências de memórias de Claire.

Os objetos sempre presentes estão entrelaçados com a história e formam uma espécie de quebra-cabeça de vida dessa mulher e sua família.

Mentiras, dramas, loucura, sofrimento vem a tona na história de cada objeto. Não importa como o passado foi realmente, mas sim o que dizem as memórias que ressurgem em fragmentos para Claire.



Ficha Técnica


Título Original e ano: Lá derniére Folie de Claire Darling, 2018. Direção: Julie Bertucceli. Roteiro: Julie Bertucceli, Marion Doussot, Mariette Désert, Sophie Filliéres, Lynda Rutledge. Elenco: Catherine Deneuve, Chiara Mastroianni, Alice Taglioni, Laure Calame, Samir Guesmi, Olivier Rabourdin. Gênero: Drama. Nacionalidade: França. Fotografia: Irina lubtchansky. Edição: Francois Gédigier. Distribuidora: A2 FILMES. Duração: 01h34min.
E ao decidir vender tudo Claire se libertou desse passado e, inconscientemente ou não, trouxe a filha de volta. O mesmo objeto que causou a separação trouxe o reencontro.

Catherine Deneuve está perfeita no papel com seus cabelos grisalhos e o realismo nas cenas com sua filha Chiara Mastroianni é surpreendente e intenso. 

Saber que está vivendo seu último dia dá a essa mulher uma explosão de energia e alegria. Difícil saber se Claire está fingindo ou se realmente perdeu a cabeça.

Vale conferir!

01 de agosto nos cinemas.

Escrito por Helen Nice

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)