Henri V | Assista no Belas Artes À La Carte

Henri V se desenvolve a partir de uma peça de teatro que seria apresentada. Ao abrir da tela, vemos um plano geral dos arredores da cidade, à margem do Rio Tâmisa e a câmera vai nos levando até o Globe Theatre, no ano de 1600. Adentramos ao teatro em estilo elisabetano e nos deparamos com os atores, os bastidores da peça e o público que interage animadamente. É uma sacada genial e criativa do cineasta e protagonista Laurence Olivier.

A partir daí a trama se desenrola. A história não segue integralmente os textos da peça original, mas apenas se inspira na mesma. Alguns trechos foram omitidos. A linguagem também foi levemente adaptada. Quem já teve a oportunidade de ler Shakespeare concorda que o texto tem uma linguagem de difícil compreensão, mas o filme mantém uma vocabulário rebuscado e formal, o que dá um charme extra à produção.

O longa foi produzido durante a Segunda Grande Guerra, com todos os entraves que isto representa. Cenas foram interrompidas por causa de um grupo de caças britânicos que atacava bombardeiros alemães a caminho de Londres e, só quando a verdadeira batalha parou, as cenas de guerra na película conseguiram ser concluídas. 


A produção grandiosa foi usada para elevar a moral do povo inglês e serviu como propaganda em tempos sombrios. O Rei vencedor nas telas deveria simbolizar a grandeza de uma nação. O que temos então é um incrível "blockbuster" para a época. Figurinos requintados com trajes de época rico em detalhes,  daqueles de encher os olhos, aliás. A trilha sonora clássica de William Walton é sublime com timbres e acordes marcantes. O elenco é também impressionante e há milhares de figurantes, pois na época o CGI ainda não uma opção técnica. Logo, percebe-se as dificuldades que isso acarreta e estamos falando de um filme realizado em 1944, porém, não esqueçamos que as cores technicolor agregam muito valor aqui.

É possível que o filme encante, particularmente, por conta dos detalhes das armaduras e todo cenário dos acampamentos. Henrique V é/foi uma figura importante e o embate que se deu no Dia de São Crispin, em outubro de 1415, é um marco histórico. O Rei derrotou Carlos VI, da França, em Agincourt, mesmo estando em desvantagem. Como resultado do tratado de guerra, Henrique corteja a Princesa Katherine, que já se esforçava para aprender inglês, e assim formalizar a paz entre os reinos. 

As cenas das batalhas são maravilhosas e a grandeza da produção é impactante. Os discursos do Rei são eloquentes e motivadores.

Um clássico encantador que merece ser assistido!

Cardápio do Mês

Ficha Técnica

Titulo original e ano: Henry V, 1944. Direção: Laurence Olivier. Roteiro: Laurence Olivier, Dallas Bower, Alan Dent - adaptação de peça de William Shakespeare. Elenco: Leslie Banks, Felix Aylmer, Robert Helpmann, Vernon Greeves, Gerald Case, Griffith Jones, Morland Graham, Michael Warre, Nicholas Hannen. Gênero: Biografia, História, Guerra, Drama. Nacionalidade: Reino Unido. Trilha Sonora Original: William Walton. Fotografia: Robert Krasker e Jack Hildyard. Edição: Reginald Beck. Direção de Arte: Paul Sheriff. Figurino: Roger K. Furse. Duração: 02h17min.
 
Serviço:

Planos de assinatura com acesso a todos os filmes do catálogo em 2 dispositivos simultaneamente.

Valor assinatura mensal: R$ 9,90 | Valor assinatura anual: R$ 108,90

Super Lançamentos: Com valores variados, a sessão ‘super lançamentos’ traz os filmes disponíveis no cardápio para aluguel por 72hs.

Para se cadastrar acesse: www.belasartesalacarte.com.br e clique em ASSINE.

Ou vá direto para a página de cadastro:

https://www.belasartesalacarte.com.br/checkout/subscribe/signup

Aplicativos disponíveis para Android, Android TV, IPhone, Apple TV e Roku. Baixe Belas Artes À LA CARTE na Google Play ou App Store.

Escrito por Helen Nice

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)