Em Guerra com o Vovô | Assista nos Cinemas

 

Chegando aos cinemas, em horário de pré-estreia, esta quinta-feira (13), a comédia 'Em Guerra com o Vovô', O filme teve seu lançamento adiado por conta do fechamento dos cinemas e oficialmente ganha espaço na grade em 20 de maio.

Baseado no livro infantil de 1984 "The War with Grandpa", de Robert Kimmel Smith, o roteiro de Tom J. Astle e Matt Ember lembra imensamente "Esqueceram de mim". O diretor, Tim Hill, segue a mesma linha de abordagem que o o clássico da sessão da tarde e isto já garante 50% das risadas. Nem sempre o fato de não ser inovador é um problema e, neste tipo de filme, que tem como objetivo unicamente divertir o público, piadas clichê não chegam a incomodar.

Você quer rir?? Este é o filme. Não vá esperando uma película a nível de Oscar, mas tenha certeza que a diversão estará garantida. O elenco é digno de destaque. A dupla Robert de Niro como o vovô Ed e Christopher Walken como o amigo Jerry já fazem valer o ingresso. Eles não atuavam juntos desde 1978 quando fizeram The Deer HunterCheech Marin como Danny e Jane Seymour como Dianne, formam a galera descolada do vovô. Temos também a ''Hera Venenosa/ Beatrix Kiddo'', Uma Thurman, como a mãe Sally e Rob Riggle faz o papel do pai Arthur. Oakes Fegley está impagável como o neto encrenqueiro Peter. Laura Marano é Mia, a irmã mais velha e Poppy Gagnon é a irmãzinha fofa Jennifer.
Trailer
Ficha Técnica

Título original e ano:  . Direção: Tim Hill. Roteiro: Tom J. Astle e Matt Ember - adaptação do livro "The War with Grandpa", de Robert Kimmel Smith. Elenco: Robert De Niro, Christopher Walken, Poppy Gagnon, Laura Marano, Jane Seymour, Cheech Marin, Rob Riggle, Oakes Fegley, Uma Thurman. Gênero: Comédia. Nacionalidade: EUA, Reino Unido e Canada. Trilha Sonora OriginalAaron ZigmanFotografia: Greg GardinerEdição: Peter S. Elliot e Craig Herring. Distribuição: Diamond Films Brasil. Duração: 01h34min. 
A trama é extremamente simples. O avô, um construtor de casas aposentado e recém viúvo, começa a fazer besteiras colocando sua vida em risco. A filha Sally tem sempre que socorrer o idoso e preocupada, decide que ele deve ir morar com a família. Seus sentimentos não são levados em consideração. O que importa é sua segurança. Por fim, o avô aceita a contragosto abandonar sua casa e as recordações da esposa. 

Como a casa da filha só possui dois quartos para os três filhos, um deles terá que fazer um sacrifício em nome do bem estar da família. As duas filhas já dividem um dos espaços, o que já é bem complicado já que uma é adolescente e quer ter privacidade com o namoradinho e  a outra é uma criança que ainda fala em papai Noel. Sobra então para o garoto de 12 anos, Peter, mudar para o sótão. Ele que já estava com problemas na escola agora ganha mais este! 

Peter está no sexto ano e sofre bullying dos garotos mais velhos. O apoio  que o menino tem vem do grupinho de amigos um pouco excluídos também. O sótão é aquele local da casa que serve de despejo de tudo que não tem mais utilidade. Ratos, fiação aparente, morcegos, vigas, poeira. Peter não poderia mesmo ficar feliz com a troca. Revoltado, ele declara guerra! Passa a criar uma série de traquinagens, algumas bem perigosas. 


À princípio o vovô ignora as provocações, até que chega num ponto que o neto mexe em objetos de valor sentimental para ele. Os amigos do vovô colocam fogo na disputa por território e criam situações bem divertidas. Guerreiro secreto e Soldado sênior encaram a disputa e fazem suas próprias regras e compromissos. Esta batalha particular não poderia envolver outros membros da família ou causar algum dano. Mas não é isso que acontece, óbvio!

Levará um bom tempo e muitas situações absurdas até que avô e neto encontrem um ponto de equilíbrio e deixem de lado suas diferenças. E nesta hora temos um toque de seriedade e um bom conselho do mais velho. ''Guerra não é brincadeira. Só crianças, tolos e generais pensam assim. Guerra machuca, fere e causa sofrimento". A tentativa de solucionar a disputa acontece em uma partida de queimada em um parque Sky Zone com pulos e cambalhotas ao melhor estilo Space Jam. Os times com nomes bem bolados são uma alegria a mais (Idade inapropriada vs. INSS).


Em suma, aqui vemos humor pastelão, daqueles bem previsível, mas nem por isso deixa de cumprir o proposto. Alias, em certa cena, Robert De Niro faz referências ao Poderoso Chefão de forma hilária. 

Não tenha pressa de sair do cinema. Aguarde as cenas dos créditos e curta a canção Point of War, interpretada pela irmã Mia (Laura Marano) e, sim, com direito aos erros de gravação.

Em tempos tão sombrios, uma boa risada é sempre bem-vinda. E este filme rende boas gargalhadas e momentos agradáveis!


Nos cinemas a partir de 20 de MAIO, mas já é possível assistir em horários especiais. 

Escrito por Helen Nice

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)