Maligno, de James Wan | Hoje nos Cinemas

 Este texto contém spoilers*

Definitivamente, entramos para o time Gabriel! Que vilão aterrorizante! Tem tudo para virar um ícone pop, daqueles que você imagina: e se ele aparecesse aqui? E se aparecer, corra! hahaha, caso contrário, a sua morte com certeza será horrível! Há tempos que não se lançava um filme de terror tão divertido! James Wan mais uma vez acertou e criou uma obra-prima do terror, daqueles filmes que marcam uma geração e dos quais todo mudo tem nostalgia e quer assistir de novo, estilo Jogos Mortais, Invocação do Mal e Sobrenatural, grandes achados da obra desse excelente diretor.

Em 111 minutos de duração, muito bem dosados, com um ritmo ágil e fotografia sinistra, o roteiro do filme gira em torno do assustador Gabriel que, introduzido nas suas cenas iniciais como um câncer a ser extirpado em um hospital macabro, estilo Asilo Arkham, mata vários médicos e enfermeiros com seus dons sobrenaturais, para aparecer vários anos depois perseguindo uma esposa abusada Madison, interpretada pela atriz Annabelle Wallis.

Preparem-se para cenas icônicas

Madison está grávida de uma menina e após sofrer mais um caso de violência doméstica por parte de seu marido abusador, vê Gabriel invadindo sua casa e sua vida e matando o espancador. Nesse momento aterrorizante em que Madison e Gabriel se veem cara a cara, ela perde a criança, mais um aborto entre os vários que já teve. A personagem tem um background muito sofrido e logo descobrimos que a mulher foi adotada por uma família muito amorosa, tem uma irmã carinhosa, chamada Sydney, que é vivida pela atriz Maddie Hasson, e um passado muito misterioso, do qual nem ela se recorda. As suas lembranças só começam a retornar após uma consulta com uma especialista. E Gabriel misteriosamente é parte desse passado, enterrado entre situações traumáticas da infância. Aliás, Gabriel era o amigo imaginário de Madison quando criança.

As irmãs Madison (Annabelle Wallis) e Sidney (Maddie Hasson)

Vamos falar de Gabriel agora. Com força e agilidades extremas, poderes sobrenaturais de interferência na energia elétrica e comunicando-se apenas por aparelhos eletrônicos, o maníaco assassino é um achado. Horrível, cruel, deformado, por uma razão que desconhecemos sequestra uma guia turística dos subterrâneos de Seattle e começa a matar várias pessoas da antiga equipe médica que o tratava. As mortes são terríveis, o vilão é sádico e seus poderes sobrenaturais o fazem mais aterrorizante ainda. A sua conexão com a Madison é o grande mistério do filme, ela presencia todos os brutais assassinatos mesmo sem estar no local. Para tentar parar a matança, as duas irmãs pedem a ajuda dos detetives Kekoa (George Young) e Regina (Michole Briana White), que, desacreditando delas no início, acabam se convencendo que há algo muito estranho acontecendo.

A produção é um filme de terror excelente! e chega aos cinemas a partir de hoje, 09 de setembro, e promete trazer muito entretenimento! Afinal, com um vilão aterrorizante, mortes são brutais e sustos frequentes, pular da cadeira será normal e de vez em quando virar o rosto nas cenas mais nojentas também.

Venham fazer parte do #timeGabriel! Mas cuidado para o Gabriel não aparecer na sua janela...

Nota: 9/10

Trailer



Ficha Técnica

Título original e ano: Malignant, 2021. Direção: James Wan. Roteiro: James Wan, Ingrid Bisu e Akela Cooper. Elenco: Annabelle Wallis,Maddie Hasson, George Young, Michole Briana White, Jean Louisa Kelly, Susanna Thompson, Jake Abel, Jacqueline McKenzie, Christian Clemenson, Amir AboulEla. Nacionalidade: . Gênero: Terror, Suspense. Trilha Sonora Original: Joseph Bishara. Fotografia: Michael Burgess. Edição: Kirk M. Morri. Direção de Arte: David Scott. Figurino: Lisa Norcia. Distribuição: Warner Bros Pictures Brasil. Duração: 01h51min.

HOJE NOS CINEMAS 

Escrito por Marcelino Nobrega

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)