O Animal Cordial





Introduzindo o estilo Slasher Movie no cinema nacional, Gabriela Amaral Almeida nos presenteia com o visceral “O Animal Cordial”, já aclamado pelo público de festivais e pela crítica.

A produção é aquele tipo de filme impossível de se descrever ou definir com palavras literais, só mesmo assistindo para saber.
Personagens profundos e recheados de crítica social desfilam na tela restritos ao pequeno espaço de um restaurante supostamente chic.
Até que ponto o cansaço, o stress e o convívio no ambiente de trabalho afetam as relações, as reações e as decisões num momento crítico?
É isso que iremos ver em O Animal Cordial que já traz o paradoxo no próprio título.
Na verdade, o longa é um terror psicológico que vai além do que a sinopse tentar dizer sobre ele.

Trailer

Entre muito sangue,música e atitudes inesperadas vamos pouco a pouco conhecendo a história de cada personagem.
Produzido por Rodrigo Teixeira, o filme traz um elenco de feras, entre eles, Murilo Benício, Ernani Moraes, Humberto Carrão, entre outros.
Um dono de restaurante com visíveis distúrbios psicológicos e sua funcionária Sara reagem a um assalto criam todo suspense e terror. Paixão, submissão, drama, tudo se mistura nesse filme impactante.


FICHA TÉCNICA. Direção e roteiro: Gabriela Amaral Almeida. Argumento: Gabriela Amaral Almeida e Luana Demange. Elenco: Murilo Benício, Luciana Paes, Ernani Moraes, Jiddu Pinheiro, Camila Morgado, Irandhir Santos, Humberto Carrão, Ariclenes Barroso, Thais Aguiar, Eduardo Gomes e Diego Avelino. Produtor:Rodrigo Teixeira. Co-produtor: Canal Brasil. Produção Executiva: Ana Kormanski, Daniel Pech e Raphael Mesquita. Direção de Fotografia: Barbara Alvarez. Direção de Arte: Denis Netto. Figurino: Diogo Costa. Maquiagem:André Anastácio. Som Direto: Gabriela Cunha. Diretora de Produção: Thais Morresi. Montador: Idê Lacreta. Desenho de som: Daniel Turini e Fernando Henna. Trilha Sonora: Rafael Cavalcanti. Supervisor de pós-produção:Henrique Viana. Idioma: Português. Gênero: Thriller/ Slasher/ Gore. Ano: 2017. País: Brasil. Classificação: 18 anos.
Assista e tire suas próprias conclusões!
Hoje nos cinemas.
Por
Helen Nice

Escrito por staff

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)