Omicron - O Agente do Espaço | Assista no Belas Artes À La Carte


O filme por traz das Fake News!

Omicron - O Agente do Espaço é um filme de comédia italiano de 1963, escrito e dirigido por Hugo Gregoretti, que traz no elenco Renato Salvattori, Rosemary Dexter, Franco Luzzi, Gaetano Quartararo, Mara Carisi, Gustavo D'Arpe e Dante Di Pinto.

Com a chegada da nova variante "ômicron", nome dado seguindo as letras do alfabeto grego, as mentes criativas das redes sociais já anunciaram que o filme "previu" essa nova pandemia. Não acredite em tudo que lê! O longa e sua relação com o vírus, resume-se ao título.

A comédia em questão, filmada em preto e branco, conta o caso de um corpo encontrado por uma cuidadora e três crianças na tubulação de um parque, aparentemente sem vida e em um estranho estado de rigor mortis acentuado. Investigadores e policiais são chamados ao local. A princípio, pensa-se em morte natural, mas a rigidez do cadáver é desconcertante.

O corpo é identificado como sendo do operário da SMS, Angelo Trabucco, nascido em Ivrea em 15/03/29. Investigações relataram que era um homem solitário, de poucas palavras, mas havia comentado sobre seres fantasmagóricos com sua senhoria. Também estava sofrendo de insônia crônica.

Neste momento, começa a graça da história. Durante a autópsia, feita por uma equipe médica bem confusa, o corpo em estado cataléptico, volta à vida. Dentro dele, uma voz que seria do Explorador Omicron do Planeta Ultra, faz os primeiros contatos com seus superiores intergalácticos, dando informações sobre o hospedeiro e revelando os planos de espionagem para invadir a Terra. Mas descobrir como operar o corpo do hospedeiro não será tarefa fácil para este visitante. Aliás, a  trilha sonora deixa tudo ainda mais engraçado.

O ator Renato Salvattori rouba as cenas. Com trejeitos, caras e bocas (e olhos chorosos!). Vai entregando um personagem divertido. Apropriado de um roteiro simples e original, Trabucco transmite muito bem as emoções e sensações do dito ET. O operário vai sendo dominado completamente pela criatura, que consegue restaurar suas funções, menos a fala e a inteligência. Diagnóstico médico: "totalmente inibido em inteligência e vontade. Incrivelmente desenvolvido com habilidades mecânicas acima da média. a catalepsia resultou no cancelamento de algumas faculdades e no desenvolvimento de outras."


Ficha Técnica
Título original e ano: Omicron, 1963. Direção: Ugo Gregoretti. ElencoRenato Salvattori, Rosemary Dexter, Franco Luzzi, Gaetano Quartararo, Mara Carisi, Gustavo D'Arpe e Dante Di Pinto. Gênero: Comédia. Nacionalidade: Italia. Duração: 102min. 
O operário imita aquilo que vê ou ouve, inclusive aprende a fumar. Os médicos cogitam declará-lo incapaz e removê-lo para Cogoleto, um asilo provincial. Entra em cena a crítica social ao sistema da época e às condições do trabalho nas fábricas da Itália. Trabucco se mostra rápido e eficaz, com "uma forma de loucura imitativa que excede todas as reações humanas". Não pensa, apenas segue ordens. Executa tarefas sem questionar, com eficiência.

Perfeito para voltar as linhas de produção. Todavia, a Omicron ganha forças dentro dele e o operário se transforma em uma super máquina, capaz de produzir em excesso. O sonho de todo capataz de fábrica. Os colegas de trabalho, que já estão às vésperas de uma greve, começam a se sentir ameaçados a ter que produzir tanto quanto Trabucco. Decidem eliminar a concorrência.

Ao mesmo tempo, o alienígena também está tendo desavenças com seus superiores e teme ser desintegrado. Omicron é um invasor, mas ele também não passa de um operário que deve seguir ordens. E tudo que ele quer é terminar a missão e retornar ao seu planeta. Mas antes terá que adquirir todo conhecimento possível sobre a Terra, lendo muitos livros. E encontrar uma maneira de seu hospedeiro ser morto. E como é divertida a forma como Trabucco consegue os livros e os lê rapidamente. Atenção nos títulos dos livros!

Temos aqui um olhar crítico e uma sátira à economia. O alienígena explica sobre hierarquia, trabalho, dinheiro, bens de consumo e a realidade da sociedade capitalista. Os invasores devem prestar atenção nos ricos e poderosos - estes oferecem perigo! Conhecimento e trabalho na linha de produção não combinam. O final é inteligente e surpreendente. Quase 60 anos depois, este filme ainda se mostra atual e vale ser conferido. Além de divertir, faz pensar!

Grata surpresa no catálogo do Belas Artes À La Carte!

Cardápio Semanal: 20.01.22 - Programa 107

Serviço:

Planos de assinatura com acesso a todos os filmes do catálogo em 2 dispositivos simultaneamente. Valor assinatura mensal: R$ 9,90 | Valor assinatura anual: R$ 108,90.

Super Lançamentos: Com valores variados, a sessão ‘super lançamentos’ traz os filmes disponíveis no cardápio para aluguel por 72hs.

Para se cadastrar acesse: www.belasartesalacarte.com.br e clique em ASSINE. Ou vá direto para a página de cadastro:

https://www.belasartesalacarte.com.br/checkout/subscribe/signup

Aplicativos disponíveis para Android, Android TV, IPhone, Apple TV e Roku. Baixe Belas Artes À LA CARTE na Google Play ou App Store.

Escrito por Helen Nice

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)