Suor, de Magnus von Horn | 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

As redes sociais começaram a ocupar muito tempo das nossas vidas lá pela metade dos anos 2000. E a tomamos como um modo de exibir nosso cotidiano a quem nos conhece e também a quem não é tão próximo dele assim. Passamos pela era do Fotolog, do Orkut, do Facebook, que ainda é muito usadoe, sem sombras de dúvidas, foi com o Instagram que a sociedade conseguiu mostrar cada vez mais a sua aparência superficial e ainda lucrar com isto. 

Se por um lado vimos pessoas como a Keila Cristina, personagem fictício de um dos mais aclamados vídeos do grupo Hermes & Renato (assista aqui), exibir uma vida de status em suas postagens que não existe na realidade, também começamos a perceber que blogueirinhas e influencers passam por problemas reais inerentes a humanidade e nem sempre expõem seus podres, passando à todos aquela idéia de 'vida perfeita' sem realmente ser. 

No filme de Magnus von Horn, ''Suor'' (Sweat), conhecemos a influencer fitness Sylwia (Magdalena Kolesnik), uma jovem personal trainer que está constantemente postando seus passos na internet e é bastante amada por seus seguidores. Sylwia dá aulas coletivas, tem parcerias com grandes marcas e vive sua vida em um apartamento de luxo com seu cachorrinho. Belo dia, após sair de um de seus calorosos workouts, corre para agradecer seus seguidores ''nos stories'' do seu perfil por todo amor que vem recebendo, porém, emocionada cai aos prantos falando em como se sente só e em como queria ter alguém para comemorar seu sucesso quando chegasse em casa. Ter uma conexão real com outro ser humano e se sentir amada de verdade. O vídeo acaba se tornando viral e tanto seus patrocinadores como jornalistas começam a criticar sua postura e ela se sente cada vez mais fragilizada quando um homem mais velho e estranho começa a persegui-la diariamente. Sua família também pouco liga para seus dilemas íntimos e parece gostar da fama de Sylwia ao mesmo tempo que não querem escutá-la.


Ficha Técnica

Título origina e ano: Sweat, 2020. Direção e Roteiro: Magnus von Horn. Elenco: Magdalena Kolesnik, Julian Świeżewski, Aleksandra Konieczna, Zbigniew Zamachowsk. Gênero: Drama. Nacionalidade: Polônia, Suécia. Trilha Sonora Original: Piotr Kurek. Fotografia: Michal Dymek. EdiçãoAgnieszka Glinska. Figurino: Malgorzata Fudala. Duração: 105min.

A produção tem um ar de europeia. Vem colorida, modernosa e com um drama real e de fácil identificação. A protagonista de Magdalena Kolesnik pode ser facilmente encontrada em pessoas que seguimos nas redes e a interpretação da atriz se encaixa bem com a mensagem do longa. 

Os conflitos que vemos em tela acontecem em um período de tempo curto, mas retratam com naturalidade como nós temos nossos sentimentos e relações que precisam ser trabalhadas. Sylwia destaca que se sente solitária, mas os acontecimentos seguintes como um almoço em família e uma saída a um evento badalado trazem inúmeros outros problemas à tona. Vemos claramente que a personal trainer não tem uma boa relação com a mãe e mesmo que conheça as pessoas no mundo fitness, entre eles, um outro parceiro de profissão que parece ter interesse nela, não existe real intimidade ali. Bela, jovem e controlada por seu trabalho, Sylwia vive uma vida regrada e dentro da caixinha. Um conteúdo tido pela sociedade padrão e que não deve dar defeito, até porquê muitos querem aquela vida.

A direção e o roteiro aqui chegam a um bom lugar e trazem questionamento. Mais que tudo consegue relatar como a contemporaneidade precisa de atenção e, diria ainda, terapia.  

Para os jovens adultos, a temática terá uma boa aceitação e pode ser uma boa pedida entre os filmes da Mostra SP (Sessão 'Novos Diretores') pela sua dinamicidade e reflexão, ainda que se questione alguma das atitudes que a personagem tome. 

Suor foi um dos filmes selecionados para Cannes de 2020.

Avaliação: Três pedidos de socorro ouvindo Roxette (3/5).


SERVIÇO
Exibições DRIVE IN

BELAS ARTES DRIVE-IN

Memorial da América Latina – Entrada pela Rua Tagipuru s/no. – Portão 2. Valores de Ingresso: R$60,00 para carro com até 4 pessoas Capacidade: 100 carros Horários e Classificação indicativa: consulte a programação. Valores de Ingresso: R$65,00 para carro com até 4 pessoas

CINESESC DRIVE-IN | Sesc Parque Dom Pedro II Unidade Sesc Parque Dom Pedro II – Praça São Vito s/n | Centro Valores de Ingresso: R$40,00 para carro com até 4 pessoas Capacidade: 30 carros Horários e Classificação indicativa: consulte a programação.

Site e Redes Sociais da Mostra SP:

www.mostra.org Instagram: @mostrasp Twitter: @mostrasp Facebook: https://www.facebook.com/mostrasp/ Youtube: https://www.youtube.com/user/mostrasp


See Ya!

B-

Escrito por Bárbara Kruczyński

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)